VF_escrever_e_pensar

Vergílio Ferreira – Escrever e Pensar ou O Apelo Invencível da Arte

Vergílio Ferreira – Escrever e Pensar ou O Apelo Invencível da Arte reúne, ao todo, trinta e seis ensaios de especialistas e estudiosos nacionais e internacionais da obra do autor de Para Sempre, a que se juntam quatro testemunhos sobre o amigo e o escritor. Estamos, deste modo, perante um título que vem enriquecer o já longo capítulo dos estudos vergilianos, indubitavelmente um dos escritores com uma das maiores fortunas críticas da literatura portuguesa.

Vergilio_Ferreira_nt1

366 Dias a (Re)Viver Vergílio Ferreira

O Município de Gouveia encerra, no próximo dia 28 de janeiro de 2017, o Programa Comemorativo do Centenário do Nascimento de Vergílio Ferreira, com um conjunto de eventos que pretendem manter a dinâmica de um programa iniciado precisamente há um ano, quando se assinalaram os cem anos do nascimento do escritor nascido em Melo.

espaco_invisible

Exposição Vergílio Ferreira: ESPAÇO DO (IN)VISÍVEL / Torre do Tombo

No âmbito do Programa Comemorativo do Centenário do Nascimento de Vergílio Ferreira (1916-2016) será inaugurada, no próximo dia 6 de dezembro, pelas 17 horas, no Instituto dos Arquivos Nacionais / Torre do Tombo (IANTT), a Exposição Vergílio Ferreira: Espaço do (In)visível, a qual estará patente até ao dia 31 de janeiro de 2017.

Vergílio Ferreira

Exposição “Vasco de Castro – Desenho satírico e pintura ou riso e inquietude”

A Exposição “Vasco de Castro – Desenho satírico e pintura ou riso e inquietude” será inaugurada no próximo dia 19 de novembro, no Museu Municipal Abel Manta, e estará patente ao público até ao dia 31 do próximo mês de dezembro. Esta Exposição integra-se no âmbito das Comemorações do Centenário do Nascimento de Vergílio Ferreira (1916-2016) e pretende homenagear o desenhador satírico e o “pintor inconformado e inclassificável” (Beja Santos), ao apresentar um conjunto de obras escolhidas pelo próprio Vasco de Castro.

Vasco de Castro, ou apenas Vasco, nasceu em Vila Real, Trás-os-Montes, em 1935. O desenhador satírico, pintor e autor do livro de crónicas Montparnasse mon Village, viveu o exílio em Paris, entre 1961 e 1974, tendo publicado os primeiros desenhos na imprensa francesa a partir de 1962, nomeadamente em L’Humanité, France-Observateur, Le Monde, Le Figaro Littéraire, Politique Hebdo, L’ Actualité, etc.
Após o 25 de Abril de 1974, regressa a Portugal, fixa-se em Lisboa e colabora na imprensa portuguesa. O traço agressivo de Vasco de Castro e a ousadia dos temas e figuras caricaturadas tornam-no num dos mais reputados artistas do desenho satírico contemporâneo.

Na pintura, Picasso e Francis Bacon são as suas grandes referências, tendo Vergílio Ferreira afirmado que “Vasco pinta como quem dá tiros e as telas (ou papéis) testemunham a sangria. Pintura brusca, agressiva, com cores nada cordatas. (…) Mas de todo o modo, muito singular e inesperada na nossa feira plástica.”

Em Fontanelas, Vergílio Ferreira e Vasco de Castro cultivam uma longa amizade e a paixão por tudo o que diz respeito à Arte, mais concretamente a literatura e as artes plásticas, tendo o esboço do romance Na tua Face nascido das conversas que Vergílio Ferreira manteve com Vasco de Castro, sobre desenho satírico e pintura, no seu atelier.

Organização: Comissão do Centenário de Nascimento de Vergílio Ferreira, Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira, Museu Municipal de Arte Moderna Abel Manta e Município de Gouveia.

digitalizar0002

Comemorações do 21.º Aniversário da Biblioteca Municipal

Lauro António vem à Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira de Gouveia, no próximo dia 10 de setembro de 2016, para nos falar sobre o filme que realizou, “Manhã Submersa”, um dos filmes mais marcantes do moderno cinema português. Para o efeito, será apresentada a média-metragem, “Vergílio Ferreira numa Manhã Submersa”, igualmente realizada por Lauro António, e que serviu de introdução ao filme aí referido, aquando da sua passagem na RTP, em novembro de 1979.

Ilustração de Meena Rawi

1º Concurso de Ilustração Vergílio Ferreira

A G!O ‎Romaria Cultural, em colaboração com a Câmara Municipal de Gouveia, associa-se às comemorações do aniversário do nascimento de Vergílio Ferreira lançando o primeiro concurso de ilustração dedicado à obra de Vergílio Ferreira, nesta 3.ª edição do evento que decorre em Gouveia nos dias 29, 30 e 31 de Julho.

expo_flup

“Vergílio Ferreira: Os Caminhos da Escrita ou o Fascínio da Arte” em exposição na FLUP

O sofá onde escrevia está lá, bem como o candeeiro, a manta das pernas e a prancha de madeira de apoiar as folhas que deram vida a obras como Aparição ou Manhã Submersa. De 6 a 20 de maio, estes são apenas alguns dos tesouros por descobrir em “Vergílio Ferreira: Os Caminhos da Escrita ou o Fascínio da Arte”, uma exposição organizada pela Câmara Municipal de Gouveia e…

2016-03-123vf

Escritor Vergílio Ferreira lembrado na UBI

A Universidade da Beira Interior (UBI) assinalou o centenário do nascimento do escritor Vergílio Ferreira com um colóquio intitulado “Os lugares de Vergílio Ferreira”. A iniciativa decorreu no auditório da Biblioteca Central da UBI e na Biblioteca Municipal da Covilhã, no dia 9 de março.

bannervf_iolandaantunes

Prémio Literário Vergílio Ferreira atribuído a Iolanda Martins Antunes

O Prémio Literário Vergílio Ferreira 2016, instituído pela Câmara Municipal de Gouveia, foi atribuído à obra “Dor de Ser Quase, Dor Sem Fim”, da autoria de Iolanda Martins Antunes.

bannervf_fnac1

Tertúlia Literária sobre Vergílio Ferreira na FNAC Viseu

O Município de Gouveia promoveu no passado dia 27 de fevereiro,  na FNAC VISEU uma tertúlia literária sobre Vergílio Ferreira. A iniciativa inseriu-se nas actividade que assinalam o Centenário do Nascimento de Vergílio Ferreira.

O auditório da FNAC VISEU recebeu no passado dia 27 de fevereiro, a tertúlia literária sobre a vida e obra de Vergílio Ferreira. Jorge Costa Lopes e Alípio de Melo foram os convidados do Município de Gouveia para esta tertúlia literária numa conversa  moderada por Catarina Santos, directora da Biblioteca Municipal Vergílio Ferreira.

No ano das comemorações do Centenário do Nascimento de Vergílio Ferreira, Alípio de Melo e Jorge Costa Lopes, dois especialista vergilianos, deram a conhecer um pouco mais sobre a vida e obra de um dos maiores escritores e pensadores do século XX em Portugal.

A tertúlia literária foi uma parceria entre o Município de Gouveia e a FNAC VISEU inserindo-se nas actividades que assinalam o Centenário do Nascimento de Vergílio Ferreira promovidas pela autarquia de Gouveia.